Termogênicos (queimadores de gordura) para Emagrecer A incrível verdade sobre eles

Tidos por muitos como os grandes salvadores do projeto verão, os termogênicos vem sendo amplamente utilizados por diversas pessoas que buscam emagrecer e eliminar gordura.

Eles são vendidos em lojas de suplementos em geral  seu efeito pode variar de acordo com uma série de situações.

Neste artigo, irei mostrar como eles funcionam, quais as indicações e de que maneira utilizá-los.

Para entendermos a ação dos Termogênicos, precisamos saber que existem três fatores que atuam diretamente sobre o gasto calórico de uma pessoa:

  • Metabolismo basal;
  • Atividades físicas;
  • Termogênese oriunda da alimentação;

Este último item é que comporta os termogênicos como suplementos que atuam diretamente no gasto calórico de qualquer pessoa.

Por isso, quando utilizados da maneira correta, eles ajudam a eliminar gordura e no emagrecimento.

Como funcionam os termogênicos e quais são os efeitos colaterais?

Os termogênicos são suplementos alimentares compostos em grande parte de cafeína e outras substancias estimulantes.

Sua ação é a nível celular e ao contrário do que pensam alguns, não é o “calor” que ele causa que vai ajudar na queima calórica.

Os termogênicos com ação efetiva, atuam aumentando a atividade celular, causando o que chamamos de desacoplamento mitocondrial.

Desta maneira, eles estimulam a atividade celular e por isso, fazem com que a pessoa fique muito mais “acessa”.

Portanto, o primeiro ponto a ser considerado nos termogênicos é que eles atuam em níveis celulares e não é o “calor” que eles produzem no corpo que vai tornar o gasto calórico mais elevado.

Como eles causam este desacoplamento mitocondrial, quando ingeridos em excesso ou por um tempo muito prolongado, os termogênicos podem causar hipertermia e até levar a morte.

Algumas substancias, como o DMMA, são proibidas de serem comercializadas em território brasileiro e também nos Estados Unidos. Por isso, fuja de termogênicos com esta substancia.

Além disso, não existem ainda evidencias sobre a segurança da utilização continua de termogênicos, o que faz com que seja indicado o uso em ciclos destes.

Isso por que já foram registradas diversas mortes pelo uso exagerado deste suplemento, através da hipertermia.

Melhores marcas de termogênicos do mercado

Falar em melhores marcas, por vezes, pode ser complicado, pois cada pessoa reage de uma maneira específica para a utilização de termogênicos.

Porém, algumas marcas são muito interessantes e tem produzido bons resultados, quando bem empregados:

  • Oxyelite pró (versões nacionais e importadas);
  • Lipo 6 (importado);
  • Therma pró (nacional);
  • Oxylin (importado);
  • Super HD Cellucor (nacional);
  • Epiburn (importado);
  • Sineflex (nacional);
  • Therma Pro (nacional);
  • Thermogenic Pro (nacional);

Existem uma infinidade de opções no mercado, mas estes citados acima são alguns dos mais conhecidos e que tem bons resultados, quando usados da maneira correta.

Depende muito de objetivo, orçamento e reações, as questões ligadas a escolha do melhor termogênico.

Muitas vezes, a pessoa nem precisa de um termogênico como estes, pois como eles são compostos por uma grande parcela de cafeína, pode-se substituí-los com a mesma eficácia.

Ela pode ser adquirida em farmácias de manipulação, mas sempre com a indicação de um bom nutricionista.

Além disso, a maneira como você toma o termogênico também é fundamental para o resultado e cada uma das marcas citadas acima, tem indicações de quantidades diferentes.

Por isso, veja o que avaliar para definir o horário de tomar o termogênico.

Como tomar o termogênico?

Como já disse, cada fabricante tem diferentes indicações sobre as quantidades a serem ingeridas.

Além disso, como cada cápsula contém valores diferentes de composição de cada nutriente, é preciso uma abordagem mais específica para isso.

Já no que se refere ao horário, é muito importante não tomar o termogênico algumas horas antes de dormir, pois ele pode afetar negativamente seu sono.

O mais indicado é ingerir ele pela manhã, ou duas horas antes de seu treino (dependendo de qual hora você treinar).

 Vale a pena tomar termogênicos?

Então, falar se vale a pena ou não tomar termogênicos é um assunto bastante complexo, pois estamos falando de individualidade biológica.

No geral, quando a dieta e o treino seguem uma linha e um planejamento bem traçado, vale sim a pena tomar termogênicos.

Achar que tomando termogênicos todos os dias, você vai poder sentar no sofá para assistir TV e comer bobagem e ainda emagrecer, é besteira.

O termogênico, quando aplicado junto com um contexto de treino e de dieta, é muito eficiente.

Porém, quando usado sozinho, sem uma alimentação equilibrada e a prática de exercícios físicos, de nada vai adiantar.

Além disso, ele ajuda a aumentar a termogênese, mas nada é mais termogênico do que a atividade física.

Além disso, os termogênicos não atuam no metabolismo basal, diferentemente da atividade física.

Sabendo disso, os termogênicos são indicados para quem busca:

  • Emagrecer;
  • Perder barriga;
  • Melhorar a definição muscular;
  • E muitos outros objetivos.

Além destes suplementos termogênicos que já foram citados, temos alguns alimentos que também tem esta ação e quando bem colocados na dieta, produzem bons resultados. São eles:

  • Café;
  • Água gelada;
  • Chá verde;
  • Pimenta vermelha;
  • Canela;
  • Gengibre;
  • Chá de hibisco;
  • Entre outros.

Da mesma maneira que os suplementos, os alimentos termogênicos também são indicados para compor um processo, mas jamais serão responsáveis sozinhos pelo resultado.

Não acredite em fórmulas fáceis e seguras, pois para atingir seus resultados você precisará se dedicar e manter a dieta e o treinamento.

Caso contrário, não existe suplemento ou alimento que empregado sozinho, te trará resultados de fato eficazes.

Eu adoraria saber de você o que você achou desse artigo, quais tipos de conteúdo você gostaria de ver aqui no Dicas de Dieta e Treino.

Compartilhe sua opinião nos comentários e não esqueça de se inscrever em nossa lista de emails para ser o primeiro a receber novos artigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sair da versão mobile